quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

THE STANDARD HIGHLINE – HOSPEDAGEM MODERNINHA EM NYC





Por Tatiana Sanches

O The Stardard Highline Hotel  fica no bairro de MeatPacking (MePa), essa região eram os galpões de açougues que abasteciam toda a cidade antigamente e que dos anos 90 pra cá veio sofrendo uma transformação bem significativa. Hoje em dia, estamos falando de uma região descolada, com lojas de grife, restaurantes renomados e uma vida noturna super animada.





O prédio foi todo reformado e reaberto como o The Standard em 2008, no meio dele passa o parque suspenso Highline, antigamente uma linha de trem suspensa, hoje possui jardins e cadeiras para sentar e tomar sol, um projeto muito legal que repaginou esse viaduto e trilhos do século 19, dando uma opção para caminhadas agradáveis para um bairro que assumiu nova identidade. O Highline liga o Meatpacking  District ao Chelsea.



O Hotel dispõe de quartos com sala de estar, janelas que pegam toda a parede e oferecem uma vista bacanérrima de New York ou do Rio Hudson e em alguns quartos de ambos.  Trata-se de um excelente hotel quatro estrelas que basicamente virou um complexo de entretenimento de alto padrão.






Possui o The Standard Grill restaurante superbacana com cardápio sazonal, pois muitos dos produtos usados são de fazenda própria, o Biergarten é um  bar super badalado que servem cervejas e alimentação inspiradas na cultura alemã. O nightclub Boom, Boom, Room fica na cobertura do Hotel e de quebra você pode encontrar algumas celebridades por lá. Como trata-se de um hotel muito badalado e as vezes barulhento não é indicado para famílias, principalmente se houver crianças, mas se agito é o que procura, esse é o lugar!!!




O Hotel oferece aos hospedes, academia, aluguel de bicicletas, terraço ao ar livre, Wi-Fi grátis nos
apartamentos, serviço de concierge, cofre, etc. Vale salientar ainda que não é permitido fumar nas dependências do hotel, o check in começa as 15:00 e o check out termina 12:00.






As tarifas desse hotel são acessíveis (dentro do padrão de NYC, claro!) e salvo exceções em baixa temporada pode custar uns US$ 300,00 por noite. 








Se você quer ver e ser visto, esse é o bairro e esse é o Hotel.  A Afinal super indica, mas se essa for sua primeira vez em NYC tem outras localizações que podem ser mais interessantes.



Até a próxima!!!











*** Todas as imagens foram tiradas do site do próprio hotel (http://www.standardhotels.com/high-line) ***

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CINCO VIAGENS DE ESQUI

Por Helena Ruano


Aqueles destinos perfeitos para as férias em família e logico, para quem ama neve.

LAKE TAHOE (CALIFORNIA)

O lago cristalino fica a menos de três horas e meia de São Francisco, nas exuberantes montanhas de Sierra Nevada, e é um dos cenários de agua mais lindos do mundo. Picos nevados se elevam sobre o lago e contam com 15 áreas de esqui. O Heavently Mountain Resort, na costa sul, é o maior e mais luxuoso.

Diferente de qualquer outro destino de esqui, o Tahoe é um lugar perfeito para os esportes de inverno e para os jogos de azar. A base do Heavently está na Califórnia, maior parte de seu terreno cruza a fronteira do estado de Nevada. Então, se você quiser jogar em algumas maquinas de caça niques, esse é o lugar.

Heavently tem mais pista de esqui do que qualquer outro resort de Tahoe (30 teleféricos em cadeiras e 100 pistas), hotéis de luxo e restaurantes refinados. Também estão lá as pistas mais verticais para esquiar, mais de 1 km de cima até embaixo, com uma grande variedade de terrenos.

O “aprés ski” Unbuckle Party no Tamarack Lodge. As 15:30 todos os dias, os Djs se encarregam do som enquanto um grupo conhecido como Heavently Angels dançam nas mesas e centenas de esquiadores tiram as botas e se unem á diversão.

O acesso é o Aeroporto Internacional de Reno-Tahoe.

PARK CITY (UTAH)

Vai ser difícil você encontrar tantas áreas de esqui incríveis tão perto de um aeroporto internacional. A menos de uma hora de Salt Lake City, você pode subir nos esquis em um dos oito resorts de nível internacional, cada um se orgulha da melhor neve e de ter menos gente do que qualquer outro lugar. Park City é a opção mais popular, e não é só um destino de esqui, mas uma comunidade vibrante de amantes dos esportes ao ar livre, das compras e um prazer para toda a família. 

Depois de ser sede das Olimpiadas de Inverno de 2002, a cidade e as áreas de esqui, que incluem o Park City Mountain Resort, The Canyons e o Deer Valley, subiram suas apostas. Dos 16 teleféricos no Park City Mountain Resort, quatro são de cabines para seis passageiros e em alta velocidade e um vai para a montanha diretamente da principal avenida da cidade.

Park City é excelente para famílias e para todos que apreciam uma antiga cidade mineira renovada, com as mais diversas opções de compras, esqui cross-country e um ambiente profissional pós-olimpíadas. Os atletas de alto nível estão por todas as partes, como na sede da Associação America de esqui e Snowboard.

A tirolesa Flying Eagle. Se descer a montanha fazendo esqui ou snowboard não é adrenalina suficiente para você, a tirolesa na montanha vai levar você como um Ferrari alado por cima das pistas.

O acesso é o Aeroporto Internacional de Salt Lake City.

VAIL (COLORADO)

A apenas duas horas de Denver, Vail é um paraiso do luxo para os esquiadores e compradores afluentes, com restaurantes de renome, galerias de arte e hotéis, além da maior área de esqui do país. As pistas são abertas na frente e muitas têm uma inclinação bastante suave, perfeitas para famílias. Os famosos Back Bowls podem deixar tonto até mesmo os esquiadores mais avançados. Em dias ensolarados, você pode ver o majestoso Mount of the Holy Cross (Monte da Sagrada Cruz) a partir de inúmeros pontos na montanha. A mais de 04 km de elevação, a montanha tem um símbolo da cruz natural feito com neve na lateral.

Vail e Beaver Creek contam com eventos de esqui e snowboard de nível internacional todos os invernos, como os Campeonatos Mundiais de Esqui de 2015, com duas semanas de competição entre os esquiadores mais rápidos do mundo.

ASPEN (COLORADO)

Apesar de ser o lar de celebridades e de lojas de marca como a Louis Vuitton, a cidade de Aspen, fundada há 150 anos, na época da mineração da prata, surpreende por sua rusticidade. Ela se orgulha de ter quatro áreas de esqui, apropriadas para cada nível especifico de esquiadores.

Aspen Mountain paira sobre a cidade com suas pistas longas e inclinadas, perfeitas para os mais avançados. Snowmass tem uma variedade grande de pistas intermediárias. Aspen Highlands é ideal para os esquiadores que preferem um lugar menos cheio e mais tranquilo, enquanto que a Buttermilk é ótima para os iniciantes e ainda é a sede dos Winter X Games e conta com um half-pipe gigante e um snowpark tanto para snowboard quanto para esqui freestyle.

A praticidade do aeroporto local ajuda você a economizar as quatro ou cinco horas de carro desde Denver, e um coquetel no J Bar, o lugar favorito do famoso escritor e antigo morador de Aspen, Hunter S. Thompson.

A Afinal esteve em Aspen, deem uma olhada como foi: http://afinalturismo.blogspot.com.br/2012/01/aspen-para-todos.html

KILLINGTON (VERMONT)

É difícil de acreditar que a cidade de Nova York e Boston está há apenas poucas horas. Embora Vermont e o interior de Nova York contem com dezenas de áreas de esqui, Killington Resort, co seis montanha de 140 trilhas é a maior e mais popular. É ótima para esquiadores que não se importam com condições hostis e neve compacta e que tenham jaquetas bem quentinhas, já que faz mais frio do que em qualquer outra zona de esqui dos Estados Unidos. 

Chegando a uma elevação de quase 1,3 km de altura (mais baixa do que a cidade de Denver), é muito mais fácil respirar aqui do que nas Montanhas Rochosas e em Tahoe. Embora o nível de dificuldade das pistas se divida bem entre todos os níveis de esquiadores, existe uma queda vertical de 900 metros, com mais de 9 km de comprimento e que leva horas para percorrer.

A área é conhecida por várias maravilhas epicúreas: o queijo cheddar de Vermont derrete na boca, uma panqueca ou waffle para o café da manhã cobertos com xarope de bordo colhido na região, além do famoso sorvete Ben & Jerry´s.

O acesso é o Aeroporto Regional de Rutland Southern Vermont.

Essa é a nossa dica de hoje, aproveitem as férias estão só começando!!

Tenham uma ótima semana e desde já desejo um ótimo Natal e Ano Novo a todos e muito obrigado pela companhia de sempre.

E que 2015 comecemos com muitas viagens \o/, e ótimas dicas de nós da Afinal para vocês.

Inspiração, informações retiradas: FOLHA DO TURISMO M&E (Mercado e Eventos), mercadoeeventos.com.br; discoveramerica.com.br/lagotahoe; discoveramerica.com.br/parkcity; discoveramerica.com.br/vail; discoveramerica.com.br/aspen; discoveramerica.com.br/Vermont; Imagens: www.tripadivisor.com; www.pclodge.com; www.rememberingjordan.org; www.enjoyourholiday.com

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

VALL DE NÚRIA - PASSEIO PERTINHO DE BARCELONA


Por Tatiana Sanches

Tenho uma pessoa muito amada na família que venera Barcelona e a região da Catalunha e como acho essa região incrível também resolvi compartilhar um link que recebi dela, que por sua vez retirou de um site super interessante (http://www.passaportebcn.com/). Esse texto é sobre um vale próximo a Barcelona que é uma opção incriável de passeio para um dia inteiro.

No site encontrarão diversas informações interessantíssimas e o que é bacana a gente compartilha e indica!!!


QUE É O VALL DE NÚRIA?

Vall de NúriaVall de Núria é um pequeno vale no Pireneu da Catalunha, na província de Girona, muito perto da fronteira com a França. O acesso ao vale é feito exclusivamente com um trem cremalheira, o que confere ao passeio um charme especial.

O QUE VOU ENCONTRAR?

Vall de Núria oferece dois bate-voltas diferentes.
  • No período do inverno, entre dezembro e abril, é um bate-volta para brincar na neve, esquiar e contemplar as montanhas todas brancas. Indicado para quem quer curtir um friozinho e uma paisagem com neve.
  • No período do verão, entre maio e outubro, é a época para passear pelas montanhas e contemplar o verde que domina a paisagem. Indicado para quem gosta de passear entre lindas paissagens de montanha.
Em ambos os casos, o bate-volta inclui um passeio de trem cremalheira pela montanha.

COMO CHEGAR – A VIAGEM É PARTE DA AVENTURA

A viagem até Núria é composta por dois trajetos:
  • 1. De Barcelona até o vilarejo de Ribes de Freser. A viagem é feita de trem.
  • 2. Do vilarejo de Ribes de Freser até Vall de Núria. A viagem é feita com o trem cremalheira.

COMO CHEGAR: DE BARCELONA ATÉ RIBES DE FRESER

Vall de NúriaPara chegar de Barcelona até Ribes de Freser é preciso pegar um trem da linha regional número R3. É um trem que tem como ponto de partida L’Hospitalet de Llobregat e que você poderá pegar, na cidade de Barcelona, nas estações SantsPlaça Catalunya ou Arc de Triomf. Escolha a que fique mais perto do seu hotel.
Vall de NúriaA viagem dura por volta de duas horas. A paisagem é muito interessante: primeiro você vai atravessar a periferia industrial de Barcelona para depois se adentrar no rico interior agrícola da Catalunha. Na parte final da viagem, o trem passa pelo fundo de vales abrigados pelas montanhas dos Pireneus.
Em qualquer uma das três estações, procure a bilheteria dos trens de Rodalies de Catalunya, que são os trens regionais da Catalunha, que são operados pela RENFE, a empresa estatal. Normalmente estão perto da bilheteria do metrô. Com as passagens compradas, procure o caminho que indica a plataforma onde passa a linha R3, direção Vic ou Puigcerdá.
Vall de NúriaFique atento, pois pelas plataformas das estações circulam trens com destinos diferentes. Preste atenção para subir no trem correto. Você verá que nas estações existem telas informando qual será o próximo trem que irá parar na estação. Em caso de dúvida, não hesite em perguntar a outros passageiros!
Vall de NúriaChegando em Ribes de Freser, desça na estação. É uma estação pequena com uma sala de espera e também um barzinho onde é possível tomar um café ou fazer uma refeição rápida.
Vall de NúriaA estação do trem cremalhera, chamada de Ribes-Enllaç, fica muito perto da estação do trem, veja no final do texto o mapa do passeio com a identificação de cada estação.

COMO CHEGAR: DE RIBES DE FRESER ATÉ VALL DE NÚRIA

Vall de NúriaSe você já comprou as passagens para o trem de cremalhera, é so aguardar sua saída. Caso contrário, dê uma passadinha pela bilheteria.
Vall de NúriaA segunda parte da viagem é feita em um trem cremalhera amplo e confortável.
Vall de NúriaA viagem tem um percurso de 12,456 km. O ponto de partida, em Ribes-Enllaç, está a 905 metros de altura com relação ao nível do mar. Ao chegar no Vall de Núria você estará a 1.964 metros de altura!
Vall de NúriaO trem leva aproximadamente 45 minutos para subir mais de 1.000 metros. 
Vall de NúriaA viagem parecerá curta com as lindas paisagens de montanha que irão se sucedendo. No camino, o trem para nas estações de Ribes-VilaRialb e Queralbs.
Vall de NúriaNo inverno, a maior parte do caminho está coberta de neve. No verão, o branco da neve é substituído pelo verde do gramado.  Veja que no inverno, na baixa estação, principalmente durante a semana, as frequências do trem cremalheira são menores. Uma combinação mal feita pode significar uma longa espera em alguma estação no meio do caminho.

COMO FUNCIONA O TREM CREMALHEIRA?

Vall de NúriaEntre as diferentes exibições que você vai poder visitar chegando em Vall de Núria, existe uma que explica, de forma muito clara, o funcionamento do mecanismo do trem cremalheira, um sistema que permite que o trem suba grandes desníveis em segurança.
Vall de NúriaVall de Núria
Não perca!

NO ALTO DE VALL DE NÚRIA

Vall de NúriaChegando na última estação, você vai entender logo mais como é o vale. Existe um lago e um grande prédio central, que abriga um Santuário, um hotel, um centro de informações e diferentes serviços, incluindo o aluguel de equipamentos para esquiar. Um teleférico sobe até a parte mais alta do vale. No inverno, muito provavelmente, tudo vai estar coberto pela neve, incluindo as montanhas onde estão as pistas de esqui. No verão, o verde vai dominar a paisagem.

O SANTUARIO DE LA VIRGEN DE NÚRIA

Vall de NúriaJunto com a virgem de Montserrat, a virgem de Núria é a que tem maior importância simbólica para os catalães. A lenda da presença da virgem no vale se remonta até o século VIII.
Vall de NúriaO santuário, no centro do vale, está em uma construção moderna e dentro dele pode ser contemplada a valiosa imagem da virgem.
Vall de NúriaPreste atenção às datas de 29 de junho, 1 de setembro e 8 de setembro, quando muitos devotos sobem em peregrinação até Vall de Núria.

O HOTEL DO VALL DE NÚRIA

Vall de NúriaJunto ao santuário está o Hotel de Vall de Núria, de 3*. É um hotel com quartos modernos e muito aconhegantes, ideal para quem quiser passar a noite e curtir a montanha até as últimas horas do dia.
Vall de Núria

O PRÉDIO PRINCIPAL

Vall de NúriaNo prédio principal você encontrará todos os serviços. Subindo até Núria com o trem cremalheira, dá para aproveitar as diferentes exposições, que contam a história da vida no vale, a construção da estrada de ferro e muitos dados sobre a fauna e a flora da região. Os painéis explicativos são muito completos e dá para ficar um tempão conhecendo muitas coisas interessantes.
Vall de NúriaVall de Núria
Vall de NúriaVall de Núria
Vall de NúriaNo mesmo prédio principal está o restaurante que funciona no sistema de buffet, muito delicioso, aliás.
Vall de NúriaUm café muito agradável, com vistas para as montanhas, completa a oferta gastronômica.

VALL DE NÚRIA NO INVERNO

Passeio de trem e a possibilidade de brincar na neve? Um bate-volta perfeito para um brasileiro!
Vall de NúriaVall de Núria
Vall de NúriaVall de Núria é uma excelente chance de brincar na neve, para quem estiver em Barcelona entre dezembro e abril. Atenção, pois Vall de Núria fecha no mês de novembro, para preparar a temporada de invierno.
Vall de NúriaPara quem esquia, Vall de Núria é uma pequena estação de esqui com várias pistas de dificuldades variadas. 
Vall de NúriaLá você poderá alugar os equipamentos para esquiar, que inclui os esquis, as botas e os bastões, além de tábua de snowboard ou raquetes de neve. Não é possível alugar roupa de inverno (calças, casaco, etc), você deve subir na estação com ela.

Vall de NúriaPara quem não esquia e está com crianças, existe um Parque lúdico com trenós e outras diversões apropriadas para todas as idades.
Vall de NúriaVeja mais informações sobre o Parque lúdico aqui, incluindo os preços (o uso do parque é pago por horas).
Vall de NúriaPara quem só quiser botar a mão na neve, basta sair do prédio principal e curtir a paisagem branca por todo canto! Diversão pela qual não é preciso pagar nada. Se quiser caminhar um pouco pela neve, use um bom tênis, tipo de trekking, para não escorregar tanto. Óculos escuros também são indispensáveis.
Dica do passaporte BCN para quem for em Vall de Núria no inverno. Escolha bem o dia do seu passeio, ninguém merece ir para a montanha em dia de tempo ruim. Veja aqui o pronóstico do tempo para os próximos 7 dias em Queralbs, o municipio onde encontra-se Vall de Núria. Também, aproveite as webcams de Vall de Núria (clique aqui) para saber se há neve no vale.

VALL DE NÚRIA NO VERÃO

Foto de divulgação do Vall de Núria no verão.
Se você estiver em Barcelona entre maio e setembro, não vai ter a chance de encontrar neve em Vall de Núria. Se você gostar de passeios nas montanhas e caminhadas ao ar livre, Vall de Núria continua sendo um bate-volta muito lindo.
Foto de divulgação do trem cremalheira no verão.
Além do Parque lúdico, que continua funcionando no verão, oferecendo atividades sem neve, a principal oferta de Vall de Núria são as trilhas. Veja aqui os diferentes passeios que dá para fazer.

UMA PARADA NO CAMINHO

Vall de NúriaDescendo de Vall de Núria, e se você tiver tempo até a saída do trem para Barcelona, aproveite para descer na estação Ribes-Vila, que fica uma estação antes da final.
Vall de NúriaBem do lado da estação encontra-se o museu do trem, com muitos trens que foram usados antigamente no vale. Se você se interessa por trens, vai curtir muito a visita.
Vall de NúriaPara chegar na estação Ribes-Enllaç, onde parte seu trem de volta para Barcelona, calcule 15 minutos a pé, caminhando tranquilamente. É tudo descida! Veja no mapa o caminho que deve seguir.

PACOTES COMBINADOS

Vall de Núria oferece alguns pacotes combinados, incluindo a passagem de trem cremalheira e comida ou atividades, onde é possível economizar vários euros. Veja todas as informações aqui.
Existe também um combinado de transporte, que permite economizar vários euros, e que inclui o trem Barcelona-Ribes e o trem cremalheira. Veja mais detalhes no seguinte PDF. O combinado de transporte deve ser comprado nas bilheterias do trem em Barcelona.
Visite o site oficial de Vall de Núria, que tem muitas informações de interesse sobre o passeio. É um site muito completo.

PRECISA DE AJUDA?

Está querendo ir para Núria e precisa de alguma ajudinha? Pergunte para a gente e tentaremos ajudá-o a preparar seu passeio!
—————————————————–
Os autores do passaporte BCN escolheram escrever sobre o Vall de Núria por saber que certamente seria um assunto de interesse para nossos leitores. Na viagem ao Vall de Núria contamos com o apoio de FGC Turisme i Muntanya. As opiniões, comentários, avaliações e fotografias publicadas aqui refletem nossa experiência pessoal e nosso compromisso com nossos leitores.

Espero que tenham curtido esse texto tanto quanto eu e que em sua próxima viagem a Barcelona você aproveite essa dica super bacana de passeio!!!
Bom fim de semana a todos!!!